4 dicas para aprender mais sobre Employer Branding

O tema do Employer Branding é cada vez mais incontornável, mas como ganhar competências nesta área?

Sobre a importância do Employer Branding nas empresas já muito se fala, mas cada vez se torna mais importante a existência de profissionais nesta área. 

Foi havendo uma evolução natural dos profissionais de recrutamento, para a área mais moderna de talent acquisition manager, que entretanto evoluiu para employer branding manager, ou head of employer branding, e afins.

Em Portugal, existem cada vez profissionais nesta área. Experimente fazer uma busca no Linkedin da seguinte forma:

  1. 1. Palavra chave: “Employer Branding”
  2. 2. Conexões: 3 níveis
  3. 3. Localização: “Portugal”

Na minha pesquisa obtive cerca de 1.500 profissionais de Employer Branding em Portugal (ver link). Significa que estes profissionais têm de alguma forma o Employer Branding na sua função, competência ou atividade. 

A questão que se coloca é até que ponto estão preparados para exercer essa função?

  • Primeiro, há que ter em conta o seu background: tradicionalmente recursos humanos ou marketing, o que de si, já é um tema frequentemente debatido…
  • Segundo, de que forma foi, ou está a ser, desenvolvida essa competência? Quem tem background de recursos humanos, aprende com o marketing, e vice-versa. Na maior parte aprende-se no dia-a-dia, com os colegas, os fornecedores. Muitas vezes estes também têm as mesmas dificuldades dos clientes.

Uma responsável de Employer Branding de uma grande empresa portuguesa, (neste caso com background de marketing), dizia-me uma vez, com muita humildade, que quando começou a sua função não sabia nada de recrutamento. Foi com ela que recebi as seguintes sugestões.

4 dicas em como aprender mais sobre Employer Branding

  1. 1. Compre livros sobre a matéria. Sugestão: Employer Branding For Dummies.
    1. 2. Conheça mais profundamente as histórias humanas da sua organização, de boa relação empregador/empregado. Muitas vezes não conhecidas dentro da própria empresa.
    2. 3. Consulte empresas de consultoria na área. Pode não ser fácil, existem poucas, mesmo a nível internacional.
    3. 4. Realize cursos de formação.

Uma boa formação é fundamental para o desenvolvimento efetivo de competências nesta área.

Como deve ser uma boa formação em Employer Branding

  • Estruturada – com um plano completo end-to-end.
  • Prática – não só teórica, mas com muitos casos práticos.
  • Consequente – que possa ser logo aplicada no dia-a-dia das empresas.
  • Certificada – que permita uma efetiva confirmação da qualidade da formação e da aprendizagem recebida.

Foi neste último aspecto que na comunidade Talent Portugal detectamos uma grande lacuna na oferta de formação. Sentimos a falta de uma abordagem formativa integrada.

Assim, estabelecemos com muita satisfação, contacto com a Universum Global, empresa sueca, líder global em consultoria e formação de Employer Branding, trazendo para Portugal os seus cursos.

Conheça mais sobre a abordagem em Curso Certificado em Employer Branding.

Para conhecer mais rapidamente a formação pode fazer o 7-Day Free Trial.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Qualquer sugestão, ou informação, não hesite em me contactar.

Luis Sottomayor

lsottomayor@talentportugal.com

Partilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos ________